terça-feira, 24 de abril de 2012

Talentos Nacionais: Roberta Spindler e Contos de Meigan

Na semana passada tive o prazer de receber aqui na minha cidade a autora megafofa Roberta Spindler. Ela me deu a honra de vir aqui única e exclusivamente para conceder uma entrevista pro meu novo programa de TV. Fiquei encantada em conhecer a autora e passamos o dia inteiro trocando figurinhas sobre o maravilhoso mundo dos livros ( e fofocando, é claro, por que ninguém é de ferro!). Logo, logo vou postar a entrevista aqui pra vocês, mas hoje quero apresentar um dos presentes maravilhosos que a Roberta me trouxe: Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos! O primeiro livro da série escrita por ela e por sua grande amiga Oriana Comesanha e publicado pela Editora Dracaena.

Eu a Roberta e Contos de Meigan
Comecei a ler o livro agora (porque o meu marido se apropriou dele primeiro) e já tô de queixo caído com o mundo de Meigan e seus personagens! Quer conhecer? Vamos lá!

Sinopse:  Meigan é um mundo diferente do nosso, morada de seres especiais e poderosos que se denominam magis. Na aparência são exatamente como nós, mas as diferenças não podem ser ignoradas por muito tempo. Os magis tem uma relação especial com a natureza e seus elementos, moldando-os a sua vontade e apoderando-se de sua força. Esses elementos, chamados mantares, não se limitam apenas aos conhecidos fogo, terra, ar e água. Existem muitos outros, como as sombras, o tempo e até mesmo o controle sobre o próprio corpo. Ter a capacidade de decifrar, entender e interagir com a natureza é um dos principais requisitos para a evolução de um magi.
Contos de Meigan – A Fúria dos Cártagos começa com Maya Muskaf preparando-se para voltar para casa. Depois de três anos vivendo na Terra, o momento de retornar a Meigan finalmente havia chegado. Ela estava preocupada, pois alguma coisa afetava seu controle sobre os mantares, talvez algum resquício da misteriosa doença que a debilitou durante a infância. Com medo de estar novamente doente e para conseguir respostas, decidiu colocar de lado suas diferenças com sua mãe, a principal governante do mundo magi. Voltaria a Katur, capital de Meigan, e pediria perdão por todas as brigas passadas.
Assim, deixou sua vida terrena de lado e entrou na primeira caravana que encontrou. Entretanto, seus planos acabaram tomando um rumo muito diferente daquele que imaginara. Os soldados que escoltavam a caravana acabaram achando destroços e um corpo no chão. Logo que avistou o homem morto, com os cabelos tão brancos quanto sua pele e os olhos inteiramente negros, Maya soube que se tratava de um dos cártagos – antigos magis que traíram seu povo e por isso foram banidos para uma dimensão paralela.
As implicações para tal presença em território magi eram gravíssimas e não demorou muito para que Maya e seus companheiros descobrissem que os magis traidores estavam tomando o Solo Sagrado e derrubado seus portões de defesa. Agora, em meio ao caos de uma violenta batalha, Maya vai precisar lutar para sobreviver e conseguir respostas para as perguntas que lhe afligiam. Como os cártagos conseguiram acesso ao Solo Sagrado? Onde estavam os guardiões dos portões, os mais poderosos guerreiros de Meigan? E, a mais importante de todas, conseguiria chegar a Katur a tempo de encontrar sua mãe?"

Gente!!! São 618 páginas de muita aventura!!! Assim que terminar, vou resenhar contando tudo pra vocês e podem ficar atentos que vai rolar #promo!!! A Editora Dracaena já enviou um exemplar especial pra sorteio. ;)
Se quiserem saber mais sobre Contos de Meigan e ver algumas ilustrações super bacanas dos personagens, é só visitar a fanpage no facebook.

7 comentários:

Taynah disse...

Tu falou de "mundo" e eu lembrei de Senhor dos Anéis. Ontem rolou um debate sobre como é complicado pensar em línguas, caminhos, culturas e espécies de um mundo (país, cidade etc.) diferente. Parece que o "Mundo de Meigan" é mesmo 100% aventura e complexidade, afinal, muita coisa foi criada pra dar mais veracidade a ele, né? E essa capa é bem misteriosa. Despertou meu interesse. =D

Nica disse...

Estou louca para ler o livro, inclusive participando de um BT já! Acho magnífico quando um livro maravilhoso, como este parece ser, consegue ser escrito por duas pessoas distintas!
Quero ver a entrevista moça!
Um beijo,
Nica

Vivi Lemes disse...

Amo autores nacionais! Apoio e fico muito orgulhosa de ver obras lindas feitas aqui no Brasil!
Parece ter muita aventura e essa coisa de seres sobrenaturais é sempre ótimo! =D adoro este tipo de livro, com certeza vou gostar da leitura. Parabens as autoras!

Lilian Sinfronio disse...

Paulinha do Coração, que post lindo.

Fico encantada com todo o seu empenho em apoiar a literatura nacional. Super apoiado.

Esse livro? Tô morrendo a dois dias com ele... é viciante, maravilhoso e todos os outros adjetivos que eu poderia encontrar.
Palavra que define: ORGULHO!

Nem sei como conseguirei colocar em palavras todas as emoções que ele tem me feito viver.

Muitos beijos para você.

Lilian Sinfronio disse...

EDIT: Há dois dias, pelamor... -.-'

Empolgação #fail

E mais errinhos de concordância =)

Mireliinha disse...

A Lilian tá lendo CdM pra resenhar no Diva (como pode se perceber aí em cima, rs.)...
É um livro que eu tenho vontade de ler sim! Por toda a história que envolve esse universo!

:*
Mi
Inteiramente Diva

@Gui_Stns disse...

Uma única coisa... Quero ver o vídeo da entrevista que ela deu ao seu programa!

Postar um comentário